sexta-feira, 1 de junho de 2012

Brasil, país das desigualdades?

SEMINÁRIO DE SOCIOLOGIA

GRUPO: Camila, Priscila, Paula Naiane, Ana Paula, Rogiane, Junior, Rogério.
3 B Tarde
Prof: Lucas


Brasil, país das desigualdades?


Desigualdade é um tema muito presente na sociedade em que vivemos e podemos perceber isso de varias maneiras, por exemplo: na cor de pele, na renda, no sexo e no gênero, ou seja, uma pessoa pode ser do sexo masculino e do gênero feminino.
As desigualdades são conjuntos de processos e experiências sociais que fazem que alguns individuos ou grupos tenham vantagens sobre outros.
No entanto haja o que houver a desigualdade sempre estará presente no nosso meio pois sempre existirá um rico e um pobre, um negro e um branco, e com isso o preconceito e a desigualdade sempre estará entre eles.





 Pois o rico não gosta do pobre primeiro por isso por que ele é pobre, e depois acham que eles não tem capacidade para ser melhor do que alguém da alta sociedade, e que são ingnorantes, pessoas que não tem educação, pessoas que não tem estudos que não tem etica e nem moral; E o pobre não gosta do rico por que eles se exaltam muito e ficam humilhando os menos favorecidos e também acham  que eles não prestam que são ladrões e corruptos.








Por outro lado a desigualdade também é encontrado no meio dos brancos e dos negros. Pois os brancos não gostam dos negros, pensam que eles não prestam que são vagabundos e ladrões, pessoas que não servem para nada e que nem ia fazer falta se parassem de existir, mais é a que eles se enganam pois tem muitos negros, que tem mais carater e dignidade do que os brancos e tem muitos negros que são gente boa, honesta e trabalhadora. Já os negros não são  muito a favor dos brancos pois eles ficam se vangloriando por sua cor e que por causa disso  eles tem mais oportunidades.
    Isso é lamentavel mais é o que verdadeiramente acontece, os brancos tem muitos mais possibilidades de um trabalho mehor do que os negros. E isso é besteira por que cor é cor e cada uma tem a sua importância, e seu brilho e seria muito chato se todos fossem iguais, é por isso que existe a diferença por ninguem é igual.

 Concluimos que a desigualdade social poderia ser diferente se os governantes fossem responsáveis e realmente se preocupassem com o ser humano.















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário